Thursday, January 24, 2013

Celulares como ferramentas de aprendizagem: ideias práticas

Quando li sobre a história do uso de tecnologias de ensino do inglês no artigo http://www.letramagna.com/artigo18_XII.pdf, pude aprender com surpresa que livros eram proibidos em aulas antigamente porque alguns professores acreditavam que os alunos ficariam distraídos em suas aulas!

A professora Vera Menezes, da Universidade Federal de Minas Gerais disse o seguinte a respeito desse tema nesse artigo:
O aparecimento de uma nova tecnologia implica, num primeiro momento, desconfiança e rejeição. Após essa fase inicial, “a tecnologia começa a fazer parte das atividades sociais da linguagem e a escola acaba por incorporá-las em suas práticas pedagógicas” A autora recorda a história do livro, cujos precursores foram o volumen, um rolo de papiro; e o codex, uma coleção de folhas costuradas que lembra o formato do livro atual. O livro é um exemplo de ferramenta tecnológica empregada no ensino de línguas, que antes de sua inserção e socialização, também foi temido e censurado (cf. PAIVA, 2009).

Fazendo um pararelo com os dias de hoje, podemos observar uma grande polêmica sobre os celulares nas escolas. Há muitas discussões, debates e opiniões sobre o uso de celulares pelos alunos.

Eu, particularmente, vejo o celular como se fosse um caderno. Os alunos tomam notas, pesquisam, ouvem música, tiram fotos de artigos e quadros de avisos, falam com seus amigos e muito mais! Infelizmente alguns professores têm se sentido extremamente incomodados com seu uso em sala e várias escolas proíbem até a entrada dos mesmos!

É importante refletir que se a aula não estiver interessante, o aluno vai se distrair mesmo sem o celular. Lembro muito bem do que ocorria em algumas aulas não tão interessantes no meu ensino médio. Um colega de sala arrancava uma folha de carderno e escrevia uma pergunta para mim. Ele me passava a folha discretamente e eu respondia, fazia uma pergunta e passava a folha para ele. Era um chat com uma folha de papel! Isso aconteceu muitas vezes e acho que nenhum professor percebeu porque estavam muito ocupados dando palestras sobre os assuntos do conteúdo programático...

Como acredito que proibir o uso de celulares não vai fazer com que os alunos aprendam mais, que tal tentar usá-los como ferramentas de aprendizagem? Vejamos algumas ideias práticas.

Nas minhas turmas de 1o nível, após ensinar a perguntar o nome, a soletrar, os números e como dizer emails (@ - at / . - dot), peço para os alunos levantarem e perguntarem para alguns colegas essas informações usando seus celulares para armazenar essas informações. Eles adoram essa atividade e falam direitinho! Enquanto eles estão perguntando e respondendo, eu circulo pela sala para auxiliar quando necessário.

Eu também incentivo meus alunos a procurarem o significado e a pronúncia das palavras usando seus celulares. O acesso é muito mais rápido do que consultar um dicionário tradicional e ainda apresenta a pronúncia!

Além disso, os alunos mais visuais podem colocar uma palavra desconhecida no Google Imagens para descobrir o que é. Aposto que eles memorizam rapidamente a palavra após ver um desenho dela.

Uma outra ideia legal é usar os celulares para gravar entrevistas com estrangeiros. Depois de gravá-las, os alunos podem fazer um pequeno texto (como uma matéria de jornal ou revista) sobre a entrevista e colocá-lo no blog da escola ou da turma.

Essas são apenas algumas sugestões para incorporar essa tecnologia nas aulas de línguas estrangeiras. Sei que muitos podem discordar delas porque isso ainda é muito novo, mas tenho certeza que daqui a alguns anos mais ideias surgirão.

Você usa o celular em suas aulas também? Como?

Até breve!



2 comments:

ANa Paula Dias said...

Oi Cíntia,
Na ABCI deste em ano em São Paulo,assisti uma paletra muito interessante justamente sobre este tema."The mobile phone:a teacher's friend or a teacher's enemy?" By Eric Baber da universidade de Cambrigde,ele mostrou alguns programas e sites onde o professor pode usar sms dentro de sala de aula como parte da aula no formto de polls!Ainda mostrou vários apps que podem ser usados também! Deixo aqui o site com o artigo dele e na mesma página dá pra baixar o power point da apresentação dele com os links de sites que ele usou!

http://bilgielt2012.edublogs.org/2012/05/05/the-mobile-phone-a-teacher%E2%80%99s-friend-or-a-teacher%E2%80%99s-enemy-eric-baber-cambridge-university-press/

Cintia Costa said...

Adorei o link, Ana Paula!!! :-) Thanks!!! :-)