Tuesday, September 17, 2013

Ajudando meus alunos a aprender o passado simples de forma colaborativa

Após algum tempo aprendendo saudações, rotina diária, ações, expressões diversas, marcadores discursivos e outros, meus alunos dos cursos livres de inglês parecem ficar um pouco apreensivos quando devem aprender como se expressar no passado.

Isso normalmente acontece porque eles têm que aprender vários aspectos linguísticos: as formas no passado dos verbos regulares e irregulares, a pronúncia, a ortografia, a estrutura das sentenças afirmativas, interrogativas e negativas, além de expressões de tempo.

Para diminuir essa apreensão e ajudar meus alunos a aprender a se expressar no passado de uma maneira colaborativa e mais dinâmica, planejei a aula da seguinte forma:

1. Chamada: Ao invés de os alunos apenas responderem "Presente!", aproveito esse momento para fazer perguntas diferentes. A pergunta de hoje foi: "What did you eat last night?". Comecei dizendo o que comi ontem para que os alunos vissem a minha resposta como modelo e depois cada um respondeu também.

2. Revisão: perguntei aos alunos algumas atividades que eles fazem diariamente. Escrevi no quadro o que eles disseram: eat, take a shower, brush the teeth, drive, go to the university, drink water, clean the house, do aerobics, walk, study English, work, cook e várias outras atividades.

3. Aprendizagem e revisão das formas verbais no passado: Entreguei um marcador de quadro para cada aluno e pedi para que eles escolhessem alguns verbos e escrevessem o passado dos mesmos. Foi muito legal vê-los indo ao quadro e se divertindo! Você pode ver esse momento nas fotos abaixo:




O quadro ficou assim depois:

4. Aprendizagem colaborativa usando vários materiais e ferramentas: os alunos aprenderam as formas no passado de diversos verbos usando dicionários, livros, aplicativos de celulares e a internet do computador da sala. Enquanto os alunos estavam pesquisando, eu caminhei pela sala para ajudar quem precisava.

Milena e Elaine consultando um site para descobrir o infinitivo dos verbos

Flávia, Patrícia e Wesley aprendendo usando uma lista com verbos no livro Gramática Escolar da Língua Inglesa da Editora Longman. 

Danielle e Aluízio aprendendo juntos. Aluízio também usou seu celular para pesquisar os verbos.

5. Conclusão: os alunos compartilharam o que aprenderem de novo.

6. Dever de casa: encorajei os alunos a fazer exercícios variados para aprender (sites, vídeos no YouTube, workbook e outros). Os alunos sabem que para aprender efetivamente uma língua é necessário que eles passem muitas horas em contato com diferentes materiais para que o cérebro armazene as novas informações.

Eu gostei muito de ver os alunos estudando juntos e usando vários materiais para aprender. Acredito que eles podem aprender muito mais de uma maneira mais ativa fazendo pesquisas e se ajudando mutuamente do que apenas ouvindo o professor.

Você pede que seus alunos pesquisem e aprendam uns com os outros também?

Até breve!

3 comments:

Flávia Brandão said...

Suas aulas contribuem imensamente para o nosso aprendizado, professora Cintia. São aulas dinâmicas e descontraídas, que nos ajudam sem sermos pressionados. Fugir do ensino tradicional torna as aulas muito mais interessantes. Parabéns pela iniciativa! Que nós, professores, sejamos sempre dedicados como você, para sermos melhores como profissionais e melhores para nossos alunos! =)

Flávia Brandão said...

Suas aulas contribuem imensamente para o nosso aprendizado, professora Cintia. São aulas dinâmicas e descontraídas, que nos ajudam sem sermos pressionados. Fugir do ensino tradicional torna as aulas muito mais interessantes. Parabéns pela iniciativa! Que nós, professores, sejamos sempre dedicados como você, para sermos melhores como profissionais e melhores para nossos alunos! =)

Cintia Costa said...

Muito obrigada por seu comentário, Flávia! É muito maravilhoso ter você em sala porque és uma aluna nota 10! :-)