Friday, September 13, 2013

Tentando proporcionar ambientes propícios para a aprendizagem de línguas

Acredito que para que a aprendizagem possa acontecer é necessário que os educadores proporcionem ambientes propícios para tal. Imagino que esses lugares devam ser tranquilos, confortáveis e com pessoas que se importem com o bem estar de todos.

Para que meus alunos possam desfrutar desse bem estar também, tento deixar nossa sala de aula um ambiente acolhedor e cheio de carinho, colaboração e solidariedade (características que também estão presentes na Carta da Terra).

Hoje, por exemplo, coloquei a trilha sonora do filme Rudy: http://www.youtube.com/watch?v=-09ayPX_KVs para tocar baixinho enquanto fazia a chamada. Para que possamos nos conhecer melhor, perguntei "Who's your favorite singer? or What's your favorite band?". Cada aluno teve a oportunidade de falar de suas preferências musicais e como nem todos conheciam todas as respostas, pedi que eles compartilhassem os links dos clipes no grupo da turma do Facebook.

Depois disso, como sei que vários alunos moram muito longe da universidade e enfrentam ônibus lotados durante mais de uma hora (às vezes em pé), imagino o quanto eles podem chegar cansados e estressados na sala de aula. Para tentar que esse sentimento negativo não afete a aprendizagem deles, achei que seria interessante que os alunos aprendessem a meditar para relaxar um pouco.

Para tanto, pensei em mostrar o vídeo "How to meditate in a moment" no início da aula. Mas como o vídeo é todo em inglês e a internet estava fora do ar, resolvi continuar a usar a trilha sonora do filme Rudy para que meus alunos meditassem por um momento. Eu mesma fui falando algumas coisas para que eles relaxassem (fechem os olhos, se imaginem em um lugar tranquilo, na natureza, com ar puro, respirem profundamente, pense na pessoa que você ama, abrace-a, diga que ama...se imagine cercado das pessoas que te amam e compartilhem sentimentos de amor...). Foi rápido, mas acho que foi suficiente para que todos nós nos sentíssemos melhor.

Depois desse momento, os alunos em duplas planejaram as perguntas que eles vão fazer nas entrevistas aos estrangeiros que estão na nossa universidade. Enquanto eles discutiam, eu andava pela sala para ver se eles precisavam de ajuda.

Após essa atividade, os alunos tinham que aprender como usar o verbo ser e estar em inglês. Como tento seguir as sugestões de Marc Prensky que diz que os alunos são pesquisadores, resolvi fazer algumas perguntas para que os alunos pudessem pesquisar para aprender esse conteúdo. As perguntas foram: como posso dizer "Eu sou a Cintia", "Eu estou aqui", "Nós somos brasileiros" e outras sentenças parecidas em inglês?

Para os alunos que já sabiam esse assunto, propus que eles pesquisassem maneiras diferentes de trabalhar com a aprendizagem de línguas usando os links do meu Delicious: https://delicious.com/cintiabcosta

Para que essas pesquisas fossem feitas, fomos para o laboratório de informática. Mesmo sem ter computadores para todos, vários alunos ficaram em duplas.

Foi muito interessante notar que os alunos usaram diversos sites para aprender o que foi proposto. Eles conversaram, trocaram informações e eu fiquei caminhando e conversando sobre os assuntos com os alunos. Vi que todos estavam interessados e estavam aprendendo!

Compartilho com você algumas fotos dos alunos no laboratório.










                                      


No fim da aula, eu estava me sentido feliz e realizada por ver meus alunos aprendendo assim. Perguntei como eles falam em inglês o que foi proposto e alguns alunos responderam. Os que pesquisaram sobre novas formas de trabalhar com a aprendizagem de línguas também compartilharam suas descobertas. Sugeri que os alunos continuassem a praticar o conteúdo fora da aula para que realmente aprendessem. Espero que eles tenham gostado.

Você também proporciona ambientes tranquilos para que seus alunos aprendam?

Até breve!

PS: O vídeo "How to meditate in a moment" é esse: http://www.youtube.com/watch?v=F6eFFCi12v8

2 comments:

Allana Lima said...

Sabe o gostinho bom ao final da aula?
Uma sensação indescritível.
Acho que você sentiu isso, não é verdade?

Cintia Costa said...

Isso mesmo, Allana! Foi uma sensação de paz muito grande! <3